segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Quando a vontade é de ficar

Á quem diga que sofro por antecipação, e é a mais pura verdade.
Esses últimos dias me deu um apertinho, aqueles apertinhos que até lhe falta um pouco o ar.
Um mês inteirinho grudada com meu pequeno, e passou tão rápido, tão rápido!
Nosso vínculo tão mais forte, tão mais intenso, tão mais mãe e filho, tanto tempo juntos e já acabou.

E agora?
E quando você me procurar e eu não estiver?
Você irá entender?
Mesmo eu explicando antecipadamente que esses dias chegarão novamente, você vai entender? Jura?

Eu sei que a rotina de sempre vai voltar e você se distanciará um pouco de mim, eu sei, é inevitável.
Quando você sentir medo, eu sei que meu colo não será mais a primeira opção, irá ter outras pessoas que será também seu porto seguro, afinal serão eles que passarão a maior parte do tempo com você.

Mais eu queria tanto, que tudo continuasse do jeito que está.

E aí me lembro desse mundo de gente grande! Eu tenho que lembrar (mesmo não querendo) porque tenho que voltar.

Mais é tão bom poder passar o dia todo com você, de nos abraçarmos na hora que nos dá vontade, de lhe colocar pra dormir,  de correr junto com você em volta da mesa entre muitas gargalhadas. Ah, essas gargalhadas, que me enchem de felicidade!

E eu tenho e quero, te ensinar tanta coisa!.

Senti você mais feliz, mais esperto, mais pesado também, será que é coisa de mãe?
Esse nosso contato nos faz tão bem, tão bem!

Nessas horas acho tantas coisas injustas, injustas por não poder passar mais horas dos dias com você.
Sinto estar perdendo momentos tão maravilhosos que não voltarão nunca mais, e eu sinto o peso de saber que você também está perdendo.

Já estou sentindo saudades até das suas birras!

Agora estou aqui em frente ao computador, com você em meu colo, pensando em milhões de possibilidades de poder ficar mais com você.

Porque só estando com você as coisas fazem sentido pra mim.
E eu sei que meu lugar é aqui!





E agora?
O que eu faço, quando a vontade é só de ficar?
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

Rose Misceno disse...

Chorei de verdade lendo esse post!!!
E essa foto??? Linda demais...
Depois que comentar aqui vou lá dá um abraço na minha pitica que tá tirando uma soneca agora!!
Tão bom esse momento em que passamos junto de quem amamos, dá vontade de pedir mais e mais: "Quero a vida sempre assim, com você perto de mim"

Lindo.

Beijão!!

Vê, Gu e Manu disse...

Ai Amiga... que coisa essa vida...
Infelizmente essa vontade NUNCA passa e temos que nos afastar mais e mais!! Porqueeeeeeeeeeeeeeee?!!!!
Acho que deveria ter uma LEI que as Maes só poderiam trabalhar 1/2 período!

GISELE disse...

ai, Su...
posso sentir a sua dor!
Que vontade de chorar com você...
Mas, pense que nem tudo é como queremos (infelizmente)
Mas seu pitico com certeza sabe o amor imenso que vc tem por ele, e sei que mesmo que vc não esteja presente ali o tempo todo, uma hora vc chega e aí sim a qualidade de tempo é que conta!
Dai muitos e muitos abraços e beijos correm a solta...

Cristiane disse...

Aí Su, faz isso não!Que post mais corção apertado!!!! Mas é pro bem dele né!!! To como coração apertado, concordo com a colega que disse que foto linda!!! desde que te conheci com aquele post das artes dele já me tornei fã dele. cris

Ronize Aline disse...

Oi, Susan... pois é, a vontade é ficar grudadinhos neles. Obrigada pela presença na página do DONO DA LUA no Face. Muito bom te ter por lá. Beijocas
Ronize Aline
odonodalua.ronizealine.eti.br

Ana Campos disse...

Susan, a vontade realmente é de ficar gruadada o tempo todo...e como dói a separação, seja por qualquer motivo, para trabalhar, para resolver algum problema, para viajar...sofro a cada segunda feira só de lembrar do fim de semana que aproveitamos juntas e todo começo de semana é igual...a dor da saudade quase me mata...dores e culpas que existem no universo materno...

Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...